lunes, 23 de junio de 2014


aqui dentro de mim, mora eu
a casa é um pouco bagunçada,
coisas se perdem, coisas se acham
coisas que são minhas, e mais nada.

aqui dentro de mim mora eu
sentada numa cadeira, só,
olho para o móvel cheio de pó.
eu que sou nós,
tu
eles.
a sós.

aqui dentro mora eu
e não me cabe mais nada
a não ser cuidar
disso tudo que é meu.

sábado, 21 de junio de 2014

o ato de ser

Esta sou eu.
E o que sou,
se não passo de mim?
Tento, mas não consigo.
Não me passo por nada
e ultrapasso por pouco,
o medo a vida o caos.
Então encontro-me e dou de cara com ele:
Espelho meu, existe no mundo alguém com mais de mim do que eu?