miércoles, 25 de marzo de 2015

a gente quer sempre nascer de novo.

se engana quem pensa que se nasce apenas uma vez
em um dia
que coincidentemente fica marcado
como o dia em que comemoramos o aniversário.

se engana quem pensa que se morre:
a gente fica pra sempre marcado na memória dos que ainda seguem adiante.

é difícil viver com intensidade
a maioria das pessoas só quer a mansidão,
a calmaria
molhar os pés na superfície.

começa-se uma análise para se descobrir
para nascer
para dar voz ao inconsciente - este que não conhecemos, este que é estranho, porém familiar.
este que nos assusta, assombra;
mas o que assombra mesmo é deixá-lo nas sombras
à mercê
de qualquer embarcação
com qualquer comandante

eu decidi
velejar

dói.

mas esse barco
quem toca
sou eu.

quase sempre
estou só
mas nesse barco
quem manda
sou eu.

No hay comentarios:

Publicar un comentario