jueves, 7 de mayo de 2015

miudezas

se por um acaso
perguntarem,
diga que eu sempre admirei os pores-do-sol
especialmente
os cor-de-rosa-laranjados
que pude apreciar
enquanto caminhava do trabalho
pra casa.

se por um acaso
quiserem saber,
diga que eu adorava ouvir
gargalhadas de mulheres,
especialmente das velhas,
que quando riem
batem suas palmas das mãos nas coxas
ou deixam à mostra
as rugas do pescoço,
ou o início do decote,
ou ainda
a alça do sutiã
que se mostra à medida em que o riso se torna
incontrolável.

diga que eu sempre fui destas
que prestava atenção aos detalhes,
pequeninos
mínimos:
a que observava, atentamente,
pelo espelho
alguém lamber a colherzinha do café
antes de dar o primeiro gole.

No hay comentarios:

Publicar un comentario