sábado, 19 de septiembre de 2015

a vida se expressa
e não é no detalhe.
a vida berra quando,
finalmente,
me deito
e ouço no prédio ao lado
um bebê chorar
desesperadamente.
a vida tem fome
a vida fez um corte
de verbas
para melhorias da minha condição.

No hay comentarios:

Publicar un comentario