sábado, 27 de agosto de 2016

essa noite sonhei
que te abraçava as pernas
como quem não quer deixar
alguém partir:
meu inconsciente não aceita o fato
e me consola
com mentiras
clichês.

No hay comentarios:

Publicar un comentario